ENSINAMENTOS DE JESUS PARA UM CURSO EM MILAGRES







ENSINAMENTOS DE JESUS

http://bit.ly/2P7Ge7v - 20/10/2018
Link de acesso para nova proposta de trabalho junto ao Mestre Jesus: 

Caminhando com Jesus.


LIÇÃO 293 - 20/10/2018

Todo o medo passou e só o amor está aqui.

1. O medo passou porque a sua fonte se foi e com ela todos os pensamentos de medo. O Amor, cuja Fonte está aqui para todo o sempre,  é o único estado presente. Pode o mundo parecer brilhante, claro, seguro e acolhedor, oprimido por todos os meus equívocos passados que me mostram formas distorcidas de medo? No presente, entretanto, o amor é óbvio e os seus efeitos aparentes. O mundo inteiro brilha no reflexo de sua luz santo e eu percebo um mundo enfim perdoado.

2. Pai, que hoje o Teu mundo santo não escape à minha vista. Que os meus ouvidos não fiquem surdos a todos os hinos de gratidão que o mundo canta sob os ruídos medo. Existe um mundo real que o presente mantém a salvo de todos os equívocos passados. E hoje só quero ver esse mundo diante dos meus olhos.

LIÇÃO 292 - 19/10/2018

O final feliz de todas as coisas é certo.

1.As promessas de Deus não fazem exceções. E Ele garante que só a alegria pode ser o fim de todas as coisas. No entanto, cabe a nós decidir quando isso será alcançado, por quanto tempo permitiremos que uma vontade alheia pareça opor-se à Sua. E, enquanto pensarmos que essa vontade é real, não acharemos o fim que Ele designou como o desenlace de todos os problemas que percebemos, de todas as provações que vemos e de cada situação com a qual nos deparamos. Contudo, o fim é certo. Pois a Vontade de Deus é feita assim na terra como no Céu. buscaremos e acharemos segundo a Sua Vontade, que garante que a nossa vontade seja feita.

2. Pai, nos Te agradecemos por garantir-nos que, no final, só haverá desenlaces felizes. Ajuda-nos a não interferir e assim atrasar os finais felizes que nos prometeste para cada problema que podemos perceber, para cada provação que ainda pensamos ter que enfrentar.


8. O que é o mundo real?

1. O mundo real é um símbolo, como o resto do que a percepção oferece. Mas representa o oposto daquilo que fizeste. O teu mundo é visto através dos olhos do medo e traz à tua mente os testemunhos de terror. O mundo real não pode ser percebido exceto através de olhos que o perdão abençoa, de modo que vejam um mundo onde o terror é impossível e onde testemunhos do medo não podem ser achados.

2. O mundo real possui uma contrapartida para cada pensamento infeliz refletido no teu mundo; uma correção certa para as cenas de medo e para os sons de batalha que o teu mundo contém. O mundo real mostra um mundo visto de modo diferente, através de olhos serenos e com a mente em paz. Nele só há descanso. Nele não se ouvem gritos de dor e de pesar, pois nada mais resta fora do perdão. E o que vês é gentil. Apenas cenas e sons felizes podem alcançar a mente que perdoou a si mesma.

3. Que necessidade tem essa mente de pensamentos de morte, ataque e assassinato? O que pode perceber ao seu redor, senão a segurança, o amor e a alegria? O que pode existir que escolhesse condenar e o que quereria julgar desfavoravelmente? O mundo que ela vê surge de uma mente em paz consigo mesma. Não há perigos à espreita em nada do que é visto por ela, pois é benigna e só completa a benignidade.

4. O mundo real é o símbolo de que o sonho do pecado e da culpa terminou e o Filho de Deus não está mais dormindo. Seus olhos despertos percebem o reflexo seguro do Amor de seu Pai, a promessa certa de que foi redimido. O mundo real significa o fim do tempo, pois percebê-lo faz com que o tempo não tenha nenhum propósito.

5. O Espírito Santo não tem necessidade de tempo, uma vez que esse já tenha servido ao Seu propósito. Agora, Ele só espera por aquele único instante a mais para que Deus dê o Seu passo final e o tempo desapareça, levando consigo a percepção e deixando apenas a verdade para ser ela mesma. Esse instante é a nossa meta, pois contêm a memória de Deus. E, ao olharmos para um mundo perdoado, é Ele Que nos chama e vem para nos levar para casa, lembrando-nos da nossa Identidade Que o nosso perdão restituiu a nós.

LIÇÃO 291 - 18/10/2018

Esse é um dia de serenidade e paz.

1. Hoje a visão de Cristo olha através de mim. A Sua visão me mostra todas as coisas perdoadas e em paz e oferece essa mesma visão ao mundo. E eu aceito essa visão em seu nome para mim mesmo e também para ele. Quanta beleza contemplamos hoje! Quanta santidade vemos à nossa volta! E nos é dado reconhecer que é uma santidade da qual todos compartilhamos, é a Santidade do próprio Deus.

2. Nesse dia, a minha mente está quieta para receber os Pensamentos que me ofereces. E aceito o que vem de mim. Não conheço o caminho para Ti. Mas Tu és totalmente certo. Pai, guia o Teu Filho por esse caminho quieto que conduz a Ti. que o meu perdão seja completo e que a memória de Ti volte para mim

http://bit.ly/2AeUT8I - 17/10/2018
http://bit.ly/2P2T5aJ - 17/10/2018

Link de acesso para nova proposta de trabalho junto ao Mestre Jesus: 

Caminhando com Jesus.

LIÇÃO 290 - 17/10/2018



A minha felicidade presente é tudo o que eu vejo.


1. A menos que eu esteja olhando para o que não existe, a minha felicidade presente é tudo o que eu vejo. Olhos que começam a abrir-se, enfim, podem ver. E quero que a visão de Cristo venha a mim hoje mesmo. O que eu percebo com a vista que fiz sem a Correção do próprio Deus é assustador e doloroso de se contemplar. Já não permitirei, nem por mais um instante, que a minha mente continue a ser enganada pela crença de que o sonho que fiz é real. Esse é o dia em que busco a minha felicidade presente e não olho para mais nada além daquilo que busco.

2. Com essa decisão, venho a Ti e peço à Tua força que me ampare no dia de hoje, em que só busco fazer a Tua Vontade. Pai, não podes falhar em me ouvir. Já me deste o que estou pedindo. E estou certo de que hoje verei a minha felicidade.



LIÇÃO 289 - 16/10/2018

O passado acabou. Ele não pode me tocar.

1. A menos que o passado esteja acabado na minha mente, o mundo real tem que escapar à minha vista. Pois, realmente não estou olhando para parte alguma, vendo apenas o que não existe. Como posso, então, perceber o mundo que o perdão oferece? O passado foi feito para ocultá-lo e por isso o mundo só pode ser contemplado agora. Ele não tem passado. Pois o que, senão o passado, pode ser perdoado e tendo sido perdoado, ele desaparece.

2. Pai, que eu não olhe para um passado que não existe. Pois Tu me ofereceste a Tua própria substituição em um mundo presente que o passado deixou intocado e livre do pecado. Eis o fim da culpa. E eis-me pronto para o Teu passo final. Haveria eu de requisitar que Tu esperasses mais tempo, até que o Teu Filho achasse a beleza que planejaste para ser o fim de todos os seus sonhos e de toda a sua dor?

http://bit.ly/2OVBHF7 - 15/10/2018

Link de acesso para nova proposta de trabalho junto ao Mestre Jesus: 

Caminhando com Jesus.

Este novo trabalho é um chamado de Jesus a todos seus irmãos e irmãs, aqueles que sentirem-no em seus corações, sejam muito bem-vindos!!

As lições do Um Curso em Milagres continuarão juntamente a este novo trabalho, assim como as mensagens diárias.

Tânia Morena Luz
Namastê.


LIÇÃO 288 - 15/10/2018

Que hoje eu esqueça o passado do meu irmão.

1. Esse é o pensamento que mostra o caminho para Ti e me leva à minha meta. Não posso vir a Ti sem o meu irmão. E, para conhecer a minha Fonte, primeiro preciso reconhecer o que criaste em unidade comigo. É a mão do meu irmão que me mostra o caminho para Ti. Os seus pecados estão no passado, junto com os meus e estou salvo porque o passado se foi. Que eu não o acalente no meu coração ou perderei o caminho que conduz a Ti. O meu irmão é o meu salvador. Que eu não ataque o salvador que Tu me deste. Mas que eu honre aquele que tem o Teu Nome e assim me lembre que é o meu próprio nome.

2. Assim sendo, perdoa-me hoje. E conhecerás que me perdoaste, se contemplares o teu irmão à luz da santidade. Ele não pode ser menos santo do que eu e tu não podes ser mais santo do que ele.


LIÇÃO 287 - 14/10/2018

Tu és a minha meta, meu Pai. Apenas Tu.

1. Para onde iria eu, senão para o Céu? O que poderia substituir a felicidade? Que dádiva poderia eu preferir à paz de Deus? Que tesouro poderia buscar e achar e conservar que possa comparar-se a minha Identidade? E preferiria eu viver no medo do que no amor?

2. Tu és  a minha meta, meu Pai. O que poderia eu desejar ter além de Ti? Por que caminho desejaria eu caminhar além daquele que conduz a Ti? E o que, senão a memória de Ti, poderia significar para mim o fim dos sonhos e das fúteis substituições da verdade? Tu és a minha única. O Teu Filho quer ser tal como o criaste. Por que outro caminho senão esse poderia eu esperar reconhecer o meu Ser e ser uno com a minha Identidade?

LIÇÃO 286 - 13/10/2018

Hoje, o silêncio do Céu abraça o meu coração.

1. Pai, como é sereno o dia de hoje! Com que quietude todas as coisas acham o seu lugar! Esse é o dia que foi escolhido como o momento em que eu venho a compreender  a lição de que não é necessário que eu faça coisa alguma. Em Ti, todas as escolhas já estão feitas. Em Ti, todos os conflitos resolvidos. Em Ti, tudo o que eu espero achar já me foi dado. A Tua paz é minha. O meu coração está quieto e a minha mente em repouso. O Teu Amor é o Céu e o Teu Amor é meu.

2. A serenidade do dia de hoje nos dará a esperança de que achamos o caminho e já percorremos uma grande parte dele em direção à meta que é totalmente certa. Hoje não duvidaremos do fim que o próprio Deus nos prometeu. Confiamos Nele e no nosso Ser, Que ainda é um com Ele.

LIÇÃO 285 - 12/10/2018

Hoje a minha santidade brilha luminosa e clara.

1. Hoje desperto com alegria esperando apenas que as coisas felizes de Deus venham a mim. Eu peço que só elas venham e reconheço que o meu convite será respondido pelos pensamentos aos quais o enviei. E só pedirei coisas alegres à partir do instante em que aceitar a minha santidade. Pois qual seria a utilidade da dor para mim, que propósito cumpriria o meu sofrimento e como o pesar e a perda poderiam me valer, se hoje a insanidade sai de mim e no seu lugar aceito a minha santidade?

2. Pai, a minha santidade é a Tua. Que eu me alegre nela e, através do perdão, seja restituído à sanidade. O Teu Filho ainda é tal como o criaste. A minha santidade é parte de mim e também parte de Ti. E o que poderia alterar a Santidade em Si Mesma?

LIÇÃO 284 - 11/10/2018

Posso escolher mudar todos os pensamentos que ferem.

1. A perda não é perda quando corretamente percebida. A dor é impossível. Não há pesar que tenha qualquer causa em absoluto. E o sofrimento, sob qualquer forma, não passa de um sonho. Essa é a verdade, de início para ser apenas dita e depois muitas vezes repetida; em seguida para ser aceita como apenas parcialmente verdadeira, com muitas reservas. E então para ser cada vez mais seriamente considerada e, finalmente, aceita como a verdade. Posso escolher mudar todos os pensamentos que ferem. E hoje quero ir além destas palavras, além de todas as reservas e chegar à plena aceitação da verdade que está nelas.

2.Pai, o que nos deste não pode ferir, por isso o pesar e a dor têm que ser impossíveis. Que hoje eu não falhe em confiar em Ti, aceitando apenas o que é alegre como Tua dádiva, aceitando apenas o que é alegre como verdade.

LIÇÃO 283 - 10/10/2018

A minha verdadeira Identidade habita em Ti.

1. Pai, eu fiz uma imagem de mim mesma e é a isso que chamo de Filho de Deus. No entanto, a criação é como sempre foi, pois a Tua criação é imutável. Que eu não adore ídolos. Sou aquele que o meu Pai ama. A minha santidade continua sendo a luz do Céu e o Amor de Deus. Não está segurança aquilo que é amado por Ti? Não é infinita a luz do Céu? Não é o Teu Filho a minha verdadeira Identidade quando Tu criaste tudo o que é?

2. Agora somos um em Identidade compartilhada, tendo Deus, nosso Pai, como a nossa única Fonte e tudo o que foi criado como parte de nós. E assim oferecemos a nossa bênção a todas as coisas, unindo-nos amorosamente ao mundo todo, que o nosso perdão faz com que seja um conosco.

LIÇÃO 282 - 09/10/2018

Hoje eu não terei medo do amor.

1. Se eu conseguisse compreender apenas isso hoje, a salvação seria alcançada para todo o mundo. Essa é a decisão de não ser insano e de me aceitar tal como o próprio Deus, meu Pai e minha Fonte, me criou. Essa é a determinação de não adormecer em sonhos de morte, enquanto a verdade permanece eternamente viva na alegria do amor. E essa é a escolha de reconhecer o Ser Que Deus criou como o Filho que Ele ama e Que continua sendo a minha única Identidade.

2. Pai, o Teu Nome é Amor e o meu também. Essa é a verdade. E pode a verdade ser mudada  simplesmente dando-lhe outro nome? O nome do medo é simplesmente um equívoco. Que eu não tenha medo da verdade hoje.


O  que é o Espírito Santo?

1. O Espírito Santo é o mediador entre as ilusões e a verdade. Como Ele tem que fazer um aponte sobre a brecha que existe entre a realidade e os sonhos, a percepção conduz ao conhecimento através da graça que Deus deu a Ele para que fosse a Sua dádiva a todos aqueles que se voltam para Ele em busca da verdade. Todos os sonhos são carregados para a verdade através da ponte que Ele provê, para serem dissipados diante da luz do conhecimento. Ali, cenas e sons são para sempre deixados de lado. E onde eram percebidos antes, o perdão tornou possível o fim tranquilo da percepção.

2. A meta que o ensinamento do Espírito Santo estabelece é apenas esse fi dos sonhos. Pois cenas e sons têm que ser traduzidos de testemunhos do medo em testemunhos do amor. E quando isso for inteiramente realizado, o aprendizado terá conseguido sua única meta na verdade. Pois o aprendizado, do modo como o Espírito Santo o orienta para o resultado que Ele percebe, vem a ser o meio para ir além do próprio aprendizado a fim de ser substituído pela Verdade Eterna.

3. Se ao menos conhecesses o quanto o teu Pai anseia para que reconheças a tua impecabilidade, não deixarias a Sua Voz apelar em vão, nem virarias as costas para as Suas substituições das imagens amedrontadoras e dos sonhos que fizeste. O Espírito Santo compreende os meios que fizeste, pelos quais queres alcançar o que é para sempre inalcançável. E se os ofereceres a Ele, ele empregará os meios que fizeste para te exilares para restituir a tua mente ao lugar em que ela está verdadeiramente em casa.

4. Do conhecimento, onde Ele foi colocado por Deus, o Espírito Santo chama por ti para que deixes o perdão repousar sobre os teus sonhos e para que sejas restituído à sanidade e à paz da tua mente. Sem o perdão, os teus sonhos continuarão a aterrorizar-te. E a memória de todo o Amor do teu Pai não voltará, significando que o fim dos sonhos já veio.

5. Aceita a dádiva do teu Pai. É um chamado do Amor para o Amor, para que Ele seja apenas Ele Mesmo. O Espírito Santo é a Sua dádiva, através da qual a quietude do Céu é restituída ao amado Filho de Deus. Recusarias aceitar a função de completar a Deus, quando toda a Sua Vontade é que sejas completo?

LIÇçAO 281 - 08/10/2018

Nada pode me ferir, exceto os meus pensamentos.

1. Pai, o Teu Filho é perfeito. Quando penso estar de algum modo ferido é porque esqueci quem sou e que sou tal como me criaste. Os Teus Pensamentos só me podem trazer felicidade. Se estou triste, ferido ou doente, eu me esqueci do que Tu pensas e coloquei as minhas pequenas dieias sem significado no lugar que pertence aos Teus Pensamentos e onde eles estão. Nada pode me ferir, exceto os meus pensamentos. Os Pensamentos que penso Contigo só podem abençoar. Só os Pensamentos que penso Contigo são verdadeiros.

2. Hoje, não vou ferir a mim mesmo. Pois estou muito além de qualquer dor. O meu Pai me colocou a salvo no Céu e vela por mim. E eu não quero atacar o Filho que Ele ama, pois o que Ele ama também é meu para amar.

LIÇÃO 280 - 07/10/2018

Que limites posso estabelecer para o Filho de Deus?

1. Aquele que Deus criou sem limites é livre. Posso inventar uma prisão para ele, mas só em ilusões, não na verdade. Nenhum Pensamento de Deus deixou a Mente de seu Pai. Nenhum Pensamento de Deus é, de modo algum, limitado. Nenhum Pensamento de Deus deixa de ser para sempre puro. Posso estabelecer limites para o Filho de Deus, quando seu Pai determinou que ele fosse sem limites e como Ele, na liberdade e no amor?

2. Hoje, que eu honre o Teu Filho, pois só assim posso achar o caminho para Ti. Pai, não estabeleço limites para o Filho que Tu amas e criaste sem limites. A honra que lhe dou é Tua e o que é Teu também me pertence.

LIÇÃO 279 - 06/10/2018

A liberdade da criação promete a minha própria liberdade.

1. O fim dos sonhos me é prometido porque o Amor de Deus não abandonou Seu Filho. Só nos sonhos há um momento em que ele aparenta estar na prisão, esperando uma liberdade futura, se é que ela há de vir. Mas, na realidade, os seus sonhos se foram e a verdade foi estabelecida em seu lugar. E agora a liberdade já pertence a ele. Devo esperar, preso a correntes que foram cortadas para liberar-me, se Deus está me oferecendo a liberdade agora?

2. Hoje, aceitarei as Tuas promessas e nelas depositarei a minha fé. O meu Pai ama o Filho Que Ele criou como O Que Lhe pertence. Tu  me recusarias as dádivas que me deste?

LIÇÃO 278 - 05/10/2018

Se sou limitado, o meu Pai não é livre.

1. Se aceito que sou um prisioneiro dentro de um corpo, num mundo em que todas as coisas que aparentam viver parecem morrer, então o meu Pai é prisioneiro comigo. E é nisso que eu acredito quando afirmo que tenho que obedecer às leis que o mundo obedece, que as fragilidades e os pecados que percebo são reais e não se pode escapar. Se sou limitado de qualquer forma, não conheço o meu Pai e nem o meu Ser. E estou perdido para toda realidade. Pois a verdade é livre e o que é limitado não faz parte da verdade.

2. Pai, nada peço senão a verdade. Já tive muitos pensamentos tolos sobre mim mesmo e a minha criação e trouxe um sonho de medo para a minha mente. Hoje não quero sonhar. Escolho o caminho para Ti no lugar da loucura e do medo. Pois a verdade é segura e só o amor é certo.

LIÇÃO 277 - 04/10/2018

Que eu não prenda o Teu Filho com as leis que fiz.

1. O Teu Filho é livre, meu Pai. Que eu não imagine que o prendi com as leis que fiz para dominar o corpo. Ele não está sujeito a nenhuma lei  que eu tenha feito através das quais tento tornar o corpo mais seguro. Ele não foi mudado pelo que é mutável. Não é escravo de nenhuma das  leis do tempo. ele é tal como o criaste, pois desconhece todas as leis, exceto a lei do amor.

2. Não adoremos ídolos, nem acreditemos em nenhuma lei que a idolatria faria para esconder a liberdade do Filho de Deus. Ele não está limitado, a não ser pelas próprias crenças. entretanto, o que ele é está muito além da sua fee na escravidão ou na liberdade. Ele é livre por ser o Filho do seu Pai. E não pode ser limitado, a menos que a verdade de Deus possa mentir e que a Vontade de Deus possa ser que Ele engane a Si Mesmo.

LIÇÃO 276 - 03/10/2018

O Verbo de Deus me é dado para manifestar em palavras.

1. O que é o Verbo de Deus? "Meu Filho é puro e santo como Eu Mesmo." E assim Deus veio a ser o Pai do Filho que Ele ama, pois assim ele foi criado. Esse é o Verbo que o Seu Filho não criou com Ele, porque nele o Seu Filho nasceu. Aceitemos a Sua Paternidade e tudo nos será dado. Ao negarmos que fomos criados no Seu Amor, estamos negando o nosso Ser para ficarmos incertos quanto a quem somos, quanto a Quem é o nosso Pai e a que propósito viemos. Entretanto, precisamos apenas reconhecer Aquele Que nos deu o Seu Verbo na nossa criação para lembrarmo-nos Dele e, assim, chamar de volta o nosso Ser.

2. Pai, o Teu Verbo é meu. E é isso que quero manifestar em palavras a todos os meus irmãos, que me são dados para estimar como a mim mesmo, assim como sou amado, abençoado e salvo por Ti.

LIÇÃO 275 - 02/10/2018

A Voz de Deus, que traz a cura, protege todas as coisas hoje.

1. Hoje prestemos atenção à Voz por Deus, Que dá uma lição antiga, em nada mais verdadeira nesse dia do que em qualquer outro. Mas esse dia foi escolhido como o momento em que buscamos e ouvimos e aprendemos e compreendemos. Une-te a mim para ouvir. Pois  a Voz por Deus nos diz coisas que não podemos compreender sozinhos e nem aprender separados. É nisso que todas as coisas são protegidas. E nisso a cura que vem da Voz por Deus é achada.

2. A Tua Voz que traz a cura hoje protege todas as coisas, e assim entrego tudo a Ti. Eu não preciso estar ansioso a respeito de nada. Pois a Tua Voz me dirá o que fazer e aonde ir, a quem falar e o que dizer a ele, que pensamentos ter, que palavras dar ao mundo. A segurança que trago me é dada. Pai, a tua Voz protege todas as coisas através de mim.

LIÇÃO 274 - 01/10/2018

O dia de hoje pertence ao Amor. Que eu não tenha medo.

1. Pai, hoje quero deixar que todas as coisas sejam como Tu as criaste e dar ao Teu Filho a honra devida à sua impecabilidade, o amor de um irmão ao seu irmão e ao seu Amigo. Através disso sou redimido. Através disso, a verdade também penetrará onde estavam as ilusões, a luz tomará o lugar de toda escuridão e o Teu Filho terá o conhecimento de que ele é tal como o criaste.

2. Uma bênção especial vem a nós hoje Daquele Que é o nosso Pai. Dá a Ele esse dia e, hoje, não haverá medo, porque o dia foi dado ao Amor.

LIÇÃO 273 - 30/09/2018

A quietude da paz de Deus é minha.

1. Talvez agora estejamos prontos para um dia de tranquilidade sem perturbações. Se isso ainda não for viável, ficaremos contentes e mais do que satisfeitos em aprender como tal dia pode ser conseguido. Se cedermos a alguma perturbação, aprendamos como eliminá-las e voltar à paz. Precisamos apenas dizer às nossas mentes com certeza: "A quietude da paz de Deus é minha", e nada poderá interferir na paz que o próprio Deus deu ao Seu Filho.

2. Pai, a Tua paz é a minha. Que necessidade tenho eu de ter medo de que algo possa roubar-me o que queres que eu guarde? Não posso perder as Tuas dádivas para mim. E assim a paz que deste ao Teu Filho ainda está comigo, na quietude e no meu próprio amor eterno por Ti.

LIÇÃO 272 - 29/09/2018

Como podem ilusões satisfazer o Filho de Deus?

1. Pai, a verdade me pertence. A minha casa foi estabelecida no Céu, pela Tua Vontade e pela minha. Podem sonhos contentar-me? Podem ilusões trazer-me felicidade? O que, senão a Tua memória, pode satisfazer o Teu Filho? Não aceitarei nada menos do que me deste. Estou cercado pelo Teu Amor, para sempre sereno, para sempre gentil, para sempre a salvo. O Filho de Deus tem que ser como Tu o criaste.

2. Hoje, deixaremos as ilusões para trás. E se ouvirmos a tentação chamar-nos para que fiquemos e nos detenhamos num sonho, nós nos desviaremos e nos perguntaremos se nós, os Filhos de Deus, poderíamos nos contentar com sonhos, quando o Céu pode ser escolhido com a mesma facilidade que o inferno, e o amor alegremente substituirá todo o medo.

6. O que é o Cristo?

1. Cristo é o Filho de Deus tal como Ele O Criou. É o Ser que compartilhamos, unindo-nos uns aos outros e também a Deus. Ele é o Pensamento que ainda habita no interior da Mente que é a Sua Fonte. Ele não deixou o Seu lar santo, nem perdeu a inocência em que foi criado. Para sempre imutável, Ele habita na Mente de Deus.

2. Cristo é o elo que te mantém um com Deus e garante que a separação não passa de uma ilusão de desespero, pois a esperança habitará para sempre Nele. A tua mente faz parte da Sua e a Sua da tua. Ele é a parte em que está a Resposta de Deus, onde todas as decisões já foram tomadas e os sonhos já acabaram. Ele permanece intocado por todas as coisas que os olhos do corpo percebem. Pois embora o Pai tenha depositado Nele os meios para a tua salvação, Ele continua sendo o Ser Que, como o Pai, desconhece o pecado.

3. Lar do Espírito Santo, em casa apenas em Deus, Cristo permanece em paz dentro do Céu da tua mente santa. Essa é a única parte de ti que verdadeiramente tem realidade. O resto são sonhos. Mas esses sonhos serão dados a Cristo, para que se desvaneçam diante da Sua Glória e enfim revelem a ti o teu Ser santo, o Cristo.

4. A partir do Cristo em ti, o Espírito Santo alcança todos os teus sonhos e pede que venham a Ele para serem traduzidos em verdade. Ele os trocará pelo sonho final, que Deus designou como o fim dos sonhos. Pois quando o perdão descansar sobre o mundo e a paz tiver vindo a todos os Filhos de Deus, o que mais poderia haver para manter as coisas separadas, á que o que resta para ser visto é apenas a face de Cristo?

5. e por quanto tempo essa face santa será vista, se não passa de um símbolo, indicando que o tempo do aprendizado agora terminou e a meta da Expiação foi, enfim, alcançada? Portanto, busquemos achar a face de Cristo e não olhar para nada mais. Quando contemplarmos a Sua glória, teremos o conhecimento de não precisar de aprendizado, de percepção ou de tempo ou de coisa alguma, exceto do Ser santo, o Cristo Que Deus criou como Seu Filho.


LIÇÃO 271 - 28/09/2018

A visão de Cristo é a que usarei hoje.

1. A cada dia, a cada hora, a cada instante, estou escolhendo o que quero contemplar os sons que quero ouvir, as testemunhas daquilo que quero que seja a verdade para mim. Hoje escolho contemplar o que Cristo quer que eu veja, escutar a Voz de Deus e buscar os testemunhos do que é verdadeiro na criação de Deus.
Na vista de Cristo, o mundo e a criação de Deus se encontram e, ao reunirem-se, toda percepção desaparece. A Sua vista benigna redime o mundo da morte, pois nada do que Ele olha pode deixar de viver, lembrando-Se do Pai e do Filho, o Criador e a criação unificados.

2. Pai, a visão de Cristo é o caminho para Ti. O que Ele contempla convida a Tua memória a ser restaurada em mim. E é para isso que eu escolho olhar no dia de hoje.

LIÇÃO 270 - 27/09/2018

Hoje não usarei os olhos do corpo.

1. Pai, a visão de Cristo é a Tua dádiva para mim e tem o poder de traduzir tudo o que os olhos do corpo contemplam para ver um mundo perdoado. Como esse mundo é glorioso e amável! No entanto, quanto mais perceberei nele do que aquilo que a vista pode dar! O mundo perdoado significa que o Teu Filho reconhece o seu Pai, deixa que os próprios sonhos sejam trazidos à verdade e espera ansiosamente que aquele instante a mais de tempo que ainda resta passe para à medida que a Tua memória volta a ele. E, agora, a su vontade é una com a Tua. Agora a sua função é apenas a Tua própria e qualquer pensamento que não seja o Teu se foi.

2. a quietude de hoje abençoará os nossos corações e através deles a paz virá a todos. Hoje Cristo é os nossos olhos. E, através da Sua vista, oferecemos ao mundo a cura através Dele, o filho santo a quem Deus criou íntegro, o Filho santo a quem Deus criou novo.

LIÇÃO 269 - 26/09/2018

A minha visão é dirigida para contemplar a face de Cristo.

1. Peço-Te que abençoes a minha vista nesse dia. Ela é o meio que escolheste para vir a ser o caminho para mostrar-me os meus equívocos e fazer com que eu olhe para o que está além. À mim é dado encontrar uma nova percepção através do Guia que me deste e através de Suas lições ultrapassar a percepção e retornar à verdade. Peço a ilusão que transcende todas as ilusões que eu fiz. Hoje escolho ver um mundo perdoado, no qual todos me mostram a face de Cristo e ensinam-me que aquilo que contemplo pertence a mim; nada existe, exceto o Teu Filho santo.

2. Hoje a nossa visão é, de fato, abençoada. Compartilhamos uma só visão ao contemplarmos a face Daquele que é o nosso Ser. Somos um graças Àquele Que é o Filho de Deus, Aquele que é a nossa própria Identidade.

LIÇÃO 268 - 25/09/2018

Que todas as coisas sejam exatamente como são.

1. Senhor, que eu não seja o Teu crítico, hoje, e nem julgue contra Ti. Que eu não tente interferir na Tua criação, nem distorcê-la em formas doentias. Que esteja disposto a retirar os meus desejos da sua unidade deixando assim que ela seja tal como a criaste. Pois assim também serei capaz de reconhecer o meu Ser, tal como me criaste. No Amor fui criado e no Amor permanecerei para sempre. O que pode me assustar, quando deixo todas as coisas serem exatamente como são?

2. Que o nossos modo de ver não seja uma blasfêmia hoje, e que não prestemos ouvidos à línguas mentirosas. Só a realidade está livre da dor. Só a realidade está livre da perda. Só a realidade está totalmente segura. E é só isso que buscamos hoje.


LIÇÃO 267 - 24/09/2018

O meu coração está pulsando na paz de Deus.

1. À minha volta está toda a vida que Deus criou em Seu Amor. Ela me chama em cada batida do coração, em cada respiração, em cada ação e em cada pensamento. A paz enche o meu coração e inunda o meu corpo com o propósito do perdão. Agora, a minha mente está curada e tudo o que preciso para salvar o mundo me é dado. Cada batida do coração me traz paz; cada respiração me impregna de força. Sou um mensageiro de Deus, dirigido pela Sua Voz, amparado por Ele no amor, para sempre abraçado por Seus Braços amorosos em quietude e em paz. Cada batida do coração invoca o Seu Nome e cada uma é respondida pela Sua Voz, assegurando-me que estou em casa Nele.

2.Que eu ouça a Tua Resposta e não a minha. Pai, o meu coração está pulsando na paz que o Coração do Amor criou. É lá e só lá que posso estar em casa.

LIÇÃO 266 - 23/09/2018

O meu Ser santo habita em ti, Filho de Deus.

1. Pai, Tu me deste todos os Teus Filhos para serem meus salvadores e meus conselheiros naquilo que vejo; os portadores da Tua santa Voz para mim. Neles, Tu estás refletido e neles Cristo olha de volta para mim, a partir do meu Ser. que o Teu Filho não esqueça o Teu santo Nome. Que o Teu Filho não esqueça a sua Fonte santa. Que o Teu Filho não esqueça que o seu nome é o Teu.

2. Nesse dia, entramos no paraíso, invocando o Nome de Deus e o nosso próprio nome, reconhecendo o nosso Ser em cada um de nós, unidos no santo Amor de Deus. Quantos salvadores nos foram dados por Deus! Como é possível perdermos o caminho para Ele, se Ele encheu o mundo com aqueles que apontam em Sua direção e nos deu a vista para olharmos para eles?


LIÇÃO 265 - 22/09/2018

Eu só vejo a gentileza da criação.

1. Eu, de fato, compreendi mal o mundo, porque coloquei nele os meus pecados e os vi olhando de volta para mim. Como pareciam ameaçadores! E como me enganei ao pensar que o que temia estava no mundo e não apenas na minha mente. Hoje vejo o mundo na gentileza celestial com que brilha a criação. Nele não há medo. Que nenhuma aparência dos meus pecados venha obscurecer a luz do Céu que brilha no mundo. O que lá se reflete está na Mente de Deus. As imagens que vejo refletem os meus pensamentos. No entanto, a minha mente é una com A de Deus. E, assim, posso perceber a gentileza da criação.

2. Em quietude quero olhar para o mundo que reflete apenas os Teus Pensamentos, assim como os meus. Que eu me lembre que eles são os mesmos e verei a gentileza da criação.

LIÇÃO 264 - 21/09/2018

Eu estou cercado pelo Amor de Deus.

1. Pai, estás na frente e atrás de mim, ao meu lado, no lugar em que me vejo e em todo lugar aonde vou. Estás em todas as coisas que contemplo, nos sons que ouço e em cada mão que procura alcançar a minha. Em Ti, o tempo desaparece e o lugar vem a ser uma crença sem significado. Pois o que cerca o Teu Filho e o mantém a salvo é o próprio Amor. Não há outra Fonte senão Essa e não há nada que não compartilhe a Sua santidade; não há nada que esteja além da Tua única criação ou sem o Amor Que contém toda as coisas em Si Mesmo. Pai, o Teu Filho é como Tu és. Hoje, vamos a Ti em Teu próprio Nome, para estarmos em paz no Teu Amor que dura para sempre.

2. Meus irmãos, unam-se a mim nisso hoje. Essa é a prece da salvação. Não devemos unir-nos no que salvará o mundo junto conosco?

LIÇÃO 263 - 20/09/2018

A minha santa visão vê todas as coisas puras.

1. Pai, a Tua Mente criou tudo o que é, o Teu Espírito penetrou em tudo, o Teu Amor lhe deu vida. E quereria eu olhar para o que Tu criaste como se fosse possível torná-lo pecaminoso? Não quero perceber imagens tão escuras e amedrontadoras. O sonho de um louco dificilmente seria a minha escolha em lugar de toda a beleza com que abençoaste a criação, toda a sua pureza, sua alegria e sua eterna e serena morada em Ti.

2. E, enquanto ainda permanecemos fora da porta do Céu, contemplemos tudo o que vemos através da santa visão e dos olhos de Cristo. Que todas as aparências nos pareçam pura, para que possamos passar por elas em inocência e caminhar juntos  para a casa de nosso Pai, como irmãos e como os Filhos santos de Deus.

LIÇÃO 262 - 19/09/2018

Que eu não perceba diferenças hoje.

1. Pai, Tu tens um Filho. E, nesse dia, é para ele que eu quero olhar. Ele é a Tua única criação. Por que haveria eu de perceber mil formas naquilo que permanece uno? Por que haveria eu de dar mil nomes a ele quando um só nome é suficiente? Pois o Teu Filho tem que ter o Teu Nome, porque Tu o criaste. Que eu não o veja como um estranho para o seu Pai, nem para mim. Pois ele faz parte de mim e eu dele e nós somos parte de Ti, Que és a nossa Fonte, eternamente unidos no Teu Amor, eternamente o Filho santo de Deus.

2. Nós que somos um, hoje queremos reconhecer a verdade sobre nós mesmos. Queremos ir para casa e descansar em unidade. Pois lá há paz e em nenhum outro lugar é possível buscar e achar a paz.

5. O que é o corpo?

1. O corpo é uma cerca que o Filho de Deus imagina ter construído para separar partes do seu Ser de outras partes. É dentro dessa cerca que ele pensa viver, para morrer quando ela decair e desmoronar. Pois no interior dessa cerca ele pensa estar a salvo do amor. Identificando-se com a própria segurança, ele considera ser aquilo que é a sua segurança. De que outro modo poderia ele ter certeza de permanecer dentro do corpo, mantendo o amor do lado de fora?

2. O corpo não perdurará. Mas, isso ele vê como uma dupla segurança. Pois a impermanência do Filho de Deus é uma "prova" de que as suas cercas funcionam e cumprem a tarefa que a sua mente lhes designou. Pois se a sua unicidade ainda permanecesse intocada, quem poderia atacar e quem poderia ser atacado? Quem poderia ser vitorioso? Que poderia ser sua presa? Quem poderia ser vítima? Quem o assassino? E, se ele não morresse, que "prova" haveria de que o eterno Filho de Deus pode ser destruído?

3. O corpo é um sonho. Como outros sonhos, ele às vezes parece retratar a felicidade, mas pode retroceder subitamente para o medo, onde nascem todos os sonhos. Pois só o amor cria em verdade e a verdade nunca tem medo. Feito para ter medo, o corpo tem que servir ao propósito que lhe é dado. Mas podemos mudar o propósito ao qual o corpo obedecerá mudando o nosso pensamento quanto ao quê ele serve.

4. O corpo é o meio pelo qual o Filho de Deus retorna à sanidade. Apesar de ter sido feito para cercá-lo irremediavelmente no inferno, a perseguição do inferno foi trocada pela meta do Céu. O Filho de Deus estende a mão para alcançar o seu irmão e para ajudá-lo a caminhar pela estrada junto com ele. Agora o corpo é santo. Agora, ele serve para curar a mente que ele tinha sido feito para matar.

5. Tu te identificarás com aquilo que penas ser a tua segurança. O que quer que seja, acreditarás que é sua com ela. A tua segurança é o amor. O medo não existe. Identifica-te com o amor e estás seguro. Identifica-te com o amor e estás em casa. Identifica-te com o amor e achas o teu Ser.

LIÇÃO 261 - 18/09/2018

Deus é o meu refúgio e a minha segurança.

1. Eu me identificarei com o que penso ser refúgio e segurança. Eu contemplarei a mim mesmo ali onde percebo a minha força e penso viver no interior da fortaleza onde estou a salvo e não posso ser atacado. Que hoje eu não busque a segurança no perigo, nem tente achar a minha paz no ataque assassino. Eu vivo em Deus. Nele acho o meu refúgio e a minha força. Nele está a minha Identidade. Nele está a paz que dura para sempre. E só lá lembrar-me-ei Quem realmente sou.

LIÇÃO 260 - 17/09/2018

Que eu me lembre que Deus me criou.

1. Pai, eu não fiz a mim mesmo, embora na minha loucura, tenha pensado que sim. Entretanto, como Teu Pensamento, não deixei a minha Fonte, permanecendo como parte Daquele Que me criou. Hoje, meu Pai, o Teu Filho Te chama. Que eu me lembre que me criaste. Que eu me lembre da minha Identidade. E que a minha impecabilidade eleve-se mais uma vez diante da visão de Cristo, através da qual quero olhar para os meus irmãos e para mim mesmo no dia de hoje.

2. Agora, a nossa Fonte foi lembrada e Nela enfim achamos a nossa verdadeira Identidade. Somos santos, de fato, porque a nossa Fonte não pode conhecer o pecado. E nós, que somos os Seus Filhos, somos iguais uns aos outros e iguais a Ele.

LIÇÃO 259 - 16/09/2018

Que eu me lembre que não existe pecado.

1. O pecado é o único pensamento que faz a meta de Deus parecer inatingível. O que mais poderia nos cegar para o óbvio e fazer com que o estranho e o deturpado aparentem mais clareza? O que mais, senão o pecado, gera os nossos ataques? O que mais, senão o pecado, poderia ser a fonte da culpa, exigindo punição e sofrimento? E o que mais, senão o pecado, poderia ser a fonte do medo, obscurecendo a criação de Deus, dando ao amor os atributos do medo e do ataque?

2. Pai, hoje eu não quero ser insano. Não quero ter medo do amor, nem buscar refúgio no seu oposto. Pois o amor não pode ter nenhum oposto. Tu és a Fonte de tudo o que existe. E tudo o que é permanente em Ti e Tu estás em tudo o que é.
LIÇÃO 258 - 15/09/2018

Que eu me lembre que a minha meta é Deus.

1. tudo o que precisamos fazer é treinar as nossas mentes para deixarem de ver todos os pequenos objetivos sem sentido e lembrarem que a nossa meta é Deus. A Sua memória está escondida em nossas mentes, obscurecida apenas pelas nossas pequenas metas sem razão, que nada oferecem e que não existem. Continuaremos a deixar que a graça de Deus brilhe na inconsciência, enquanto buscamos, em seu lugar, os brinquedos e as bagatelas do mundo? Deus é a nossa única meta, o nosso único Amor. Não temos nenhum objetivo, exceto lembrar-os Dele.

2. A nossa meta é apenas a de seguir no caminho que conduz a Ti. Não temos nenhuma outra além dessa. O que mais poderíamos querer, exceto lembrarmo-nos de Ti? O que poderíamos buscar, senão a nossa Identidade?